Início » Vereador » Candidatos a vereador em Osasco nas eleições de 2020 – Quem são?

Candidatos a vereador em Osasco nas eleições de 2020 – Quem são?

Neste ano de 2020, ocorrerão uma vez mais as eleições municipais, nas quais serão decididos os novos vereadores, o novo prefeito e o novo vice-prefeito de Osasco, cidade metropolitana da Grande São Paulo.

A população local deverá ir às urnas nos dias 04 e 25 de outubro deste ano a fim escolher seus novos representantes. Entretanto, vale lembrar que o calendário eleitoral poderá sofrer alterações em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Se você é de Osasco e quer saber um pouco mais a respeito do cargo de vereador, um dos que serão decididos nestas eleições, inclusive ter acesso à lista de atuais vereadores da cidade confira este conteúdo completo.

Quem são os candidatos a vereadores em Osasco 2020?

Ainda não saiu a lista completa de nomes candidatos a vereadores para a cidade de Osasco, em São Paulo. A divulgação deverá ser feita em setembro, conforme o calendário do Supremo Tribunal Eleitoral.

O que se sabe é que, anualmente, são mais de 600 candidatos ao cargo.  É tradicional que muitos nomes sejam tentativas de reeleições de vereadores que já cumpriram pleitos.

Enquanto os nomes ainda não são oficialmente divulgados você pode ter uma prévia de quem são os pré-candidatos na lista abaixo dos atuais vereadores de Osasco.

Atuais vereadores de Osasco (SP)

camara municipal de osasco

Confira a seguir quem são os atuais vereadores de Osasco, com mandato previsto para acabar nas eleições deste ano de 2020, caso eles não se reelejam:

  • Alex Sá (PDT),
  • Ana Paula Rossi (PR),
  • Antônio Aparecido (PCdoB),
  • Batista Comunidade (PTdoB),
  • Cláudio da Locadora (PV),
  • Daniel Matias (PRP),
  • Dr. Lindoso (PSDB),
  • Lúcia da Saúde (PSDC),
  • De Paula (PSDB),
  • Jair Assaf (PROS),
  • Ricardo Silva (PRB),
  • Rogério Santos (PTN),
  • Josias da Juco (PSD),
  • Mário Luiz Guide (PSB),
  • Pelé da Cândida (PSC),
  • Ralfi Rafael da Silva (PTN),
  • Régia Maria Gouveia Sarmento (PDT),
  • Didi (PSDB),
  • Ribamar Antônio da Silva (PRP),
  • Severino Tinha Di Ferreira dos Santos (PTB),
  • Ni da Pizzaria (PTN).

Nas eleições de 2016 foram oito os candidatos reeleitos: Claudio da Locadora (PV) – 5.974 votos; Alex da Academia (PDT) – 5.863 votos; Toniolo (PC do B) – 5.292 votos; Batista Comunidade (PT do B) – 5.161 votos; Prof. Mário Guide (PSB) – 4.244 votos; De Paula (PSDB) – 4.064 votos; Jair Assaf (PROS) – 3.882 votos; e Josias da Juco (PSD) – 3.178 votos.

Ao todo a Câmara dos Vereadores de Osascoficou composta por 15 partidos, seguindo a composição:

  • PC do B (pelo menos 1 cadeira);
  • PR (pelo menos 1 cadeira);
  • PRB (pelo menos 1 cadeira);
  • PROS (pelo menos 1 cadeira);
  • PSB (pelo menos 1 cadeira);
  • PSC (pelo menos 1 cadeira);
  • PSD (pelo menos 1 cadeira);
  • PV (pelo menos 1 cadeira);
  • PSDC (1 cadeira);
  • PT do B (1 cadeira);
  • PTB (1 cadeira);
  • PDT (1 cadeira);
  • PRP (2 cadeiras);
  • PSDB (3 cadeiras) e
  • PTN (3 cadeiras).

Convém observar que alguns dos nomes acima podem não optar por tentar a reeleição.

Aqueles mais bem-sucedidos podem vir a tentar o cargo de prefeito, outro que está em disputa neste ano eleitoral.

>> VEJA TAMBÉM: quem são os candidatos a prefeitura de São Paulo em 2020? <<

O que faz um vereador?

o que faz um vereador

O vereador é o representante do Poder Legislativo na esfera municipal. Ele é eleito através do voto direto da população, passando a atuar na Câmara Municipal de Osasco.

Espera-se que o vereador mantenha-se próximo da população, captando os anseios e necessidades dela e propondo melhorias para a cidade e seus habitantes.

A principal função do vereador é a de legislar, ou seja, a de criar, emendar e revogar leis. Os vereadores, portanto, criam, discutem, aprovam ou vetam leis que passam a ser exercidas e aplicadas no município.

Uma dessas leis é a famosa Lei Orçamentária Anual, na qual os vereadores definem onde os recursos angariados com impostos deverão ser aplicados a fim de melhorar o município.

Essas leis são todas debatidas e votadas em comissões, realizadas na Câmara Municipal de Osasco, que é onde o vereador atua.

Outra função muito importante do vereador é a de fiscalizar a atuação do poder executivo municipal, representado pelo prefeito, pelo vice-prefeito e por seus assessores.

Caso os vereadores percebam alguma irregularidade na gestão do prefeito, eles podem instaurar uma CPI, a fim de investigar e apurar tais irregularidades e, se confirmadas, podem pedir pela cassação do mandado dele.

VEJA TAMBÉM → Quanto ganha um vereador? Salário médio e benefícios

Pré-requisitos para se tornar vereador

câmara municipal

Qualquer brasileiro pode concorrer ao cargo de vereador de um município, desde que atenda aos seguintes pré-requisitos:

  • ☑️ Ter nacionalidade brasileira,
  • ☑️ Ser maior de 18 anos (ou completar 18 anos até o registro de candidatura, em 15/08/20),
  • ☑️ Ser alfabetizado (embora não seja mais um requisito formal que a pessoa tenha concluído seus estudos),
  • ☑️ Ter domicílio eleitoral na cidade na qual planeja concorrer às eleições para o cargo,
  • ☑️ Estar em dia com a Justiça Eleitoral,
  • ☑️ Ter certificado de reservista do Exército, da Marinha ou da Aeronáutica (apenas para homens),
  • ☑️ Estar em pleno exercício dos direitos políticos,
  • ☑️ Estar filiado a um partido político.

Datas das Eleições de 2020

eleições

As eleições de 2020 já têm data marcada. Os dois turnos acontecerão nas seguintes datas:

  • 🗓 1º turno: 04 de outubro de 2020
  • 🗓 2º turno: 25 de outubro de 2020

Resultados das Eleições – Quando sai?

Já o resultado é geralmente divulgado na noite do segundo turno, após o fechamento das urnas e a apuração dos votos válidos.

Ou seja, espera-se que o resultado comece a ser divulgado na noite do dia 25 de outubro de 2020.

Diversos canais de televisão e jornais on-line acompanham a apuração em tempo real.

Como votar nas Eleições 2020?

Para votar nas eleições de 2020, basta dirigir-se à zona eleitoral no endereço da zona e da seção eleitoral nas quais você está cadastrado, tendo em mãos um documento de identificação com foto. Lembre-se que é preciso ter a sua biometria cadastrada para estar apto a votar.

O título de eleitor não é mais obrigatório, embora ele o ajude a encontrar com maior facilidade o local de votação. Não sabe o seu? Então veja como consultar local de votação. 

Os seguintes documentos são aceitos como documento de identificação no dia das eleições:

  • ✔️ Carteira de identidade,
  • ✔️ Passaporte,
  • ✔️ Carteira de categoria profissional reconhecida por lei,
  • ✔️ Certificado de reservista,
  • ✔️ Carteira de trabalho,
  • ✔️ Documento Nacional de Identificação (DNI),
  • ✔️ Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Certidões de nascimento e de casamento não podem ser apresentados como documento de identificação.

Caso você tenha feito a biometria eletrônica, você pode apresentar, também, o seu E-título, utilizando o aplicativo para celular e-Título, da Justiça Eleitoral.

Convém, entretanto, levar algum outro documento de reserva, de modo a evitar possíveis problemas.

Caso você tenha perdido o seu título e não saiba para onde deve se encaminhar para votar, você pode conferir esta e outras informações neste link, do Tribunal Superior Eleitoral, informando seu nome completo ou número do título de eleitor, data de nascimento e nome completo da mãe (caso seu título possuísse essa informação).

Gilmar Penter
Fotógrafo, ator e comunicador é apaixonado pelas artes e pela aventura que é a vida. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

1 comentário

  • Boa eleição.

Comente