Início » Dúvidas » Como saber o número do título de eleitor? – MELHORES DICAS

Como saber o número do título de eleitor? – MELHORES DICAS

Como saber o número do título de eleitor é uma situação que pode surgir de repente, afinal esse documento é fundamental para todo cidadão brasileiro.

Além de comprovar que o cidadão está inscrito na Justiça Eleitoral do país – estando apto a participar do processo eleitoral (seja como eleitor ou como candidato), o título de eleitor se torna necessário em outras ocasiões, como na matrícula na universidade pública, na inscrição em concurso público, entre outros.

Por isso, saber o número do seu título de eleitor é algo que será resolvido aqui para você. Descubra como descobrir o seu número, como consultar seu título, como regularizar e motivos por trás dessa necessidade.

Como saber o número do título de eleitor?

O eleitor que precisa saber seu número do título de eleitor pode facilmente fazer uma consulta pela internet acessando o site oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Clicando diretamente na página que direciona ao título de eleitor, você só precisa selecionar “Consulta por nome”.

Depois, você precisará:

  • Nome ou título de eleitor,
  • Data de nascimento,
  • Nome da mãe (caso não conste, basta selecionar a opção relacionada).

Clique ainda no quadro que assegura ao TSE que você é uma pessoa real e não um programa automático e depois em “Consultar”. Simples, não é? Assim, você confere o número do título de eleitor.

Além da consulta do número do título de eleitor, essa consulta permite que você verifique outros dados, tais como:

  • Domicílio eleitoral,
  • Zona eleitoral,
  • Número e endereço da seção eleitoral,
  • Município em que o eleitor tem sua inscrição.

Se o número do título de eleitor não for mostrado – mesmo com todos os dados digitados corretamente – aguarde alguns minutos e tente fazer a consulta de novo.

Se você não possui internet em casa ou não tem qualquer possibilidade de acesso remoto, dirija-se até o cartório eleitoral da zona em que você é inscrito ou entre em contato com a Central de Atendimento ao Eleitor por meio do telefone.

Tenha garantia de ter um documento de identificação com fotografia e filiação – nome dos pais –, como a carteira de identidade (RG).

Regularização do título de eleitor

Você sabia que existem situações que podem causar o cancelamento do seu título de eleitor? Se você tem dúvidas se o seu título de eleitor está em situação regular, a consulta realizada anteriormente dirá.

As razões pelas quais o título de eleitor pode ser cancelado são:

  • Quando o eleitor deixa de votar ou de justificar sua ausência de voto em três eleições seguidas (cada turno corresponde a uma eleição, conforme a Justiça Eleitoral),
  • Quando o eleitor faltar ao recadastramento biométrico ou na revisão de eleitorado, quando há convocação,
  • Quando o eleitor não comprova que mora na cidade de seu domicílio eleitoral,
  • Quando o eleitor não paga suas multas eleitorais.

A falta de regularização do título de eleitor pode causar uma série de restrições e impedimentos legais. Saiba quais são:

  • Obter a carteira de identidade ou o passaporte,
  • Receber remunerações, salários, vencimentos ou proventos de função ou emprego público,
  • Participar de concorrência pública ou administrativa,
  • Obter empréstimos,
  • Inscrever em concursos ou provas para cargos ou funções públicas, e também ser investido ou empossado,
  • Renovar a matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo,
  • Obter qualquer documento perante repartições diplomáticas o qual você estiver submetido,
  • Praticar algum ato que pode exigir quitação do serviço militar ou Imposto de Renda.

Para regularizar sua situação e seu título de eleitor, você precisa quitar uma pequena multa por turno de votação que você tenha faltado.

Para isso, faça o seguinte:

  1. Acesse o site do TSE para fazer a quitação de multas eleitorais,
  2. Ali, você encontra um quadro onde deverá preencher com as informações para que o sistema emita um boleto com o valor que você deve.

Responda tudo corretamente, como a data de nascimento, seu nome completo, os nomes de seu pai e mãe, entre outras informações.

  1. Faça a impressão do boleto emitido pelo serviço e efetue o seu pagamento.

Tenha em mãos o comprovante de pagamento e um documento de identificação e vá até o seu cartório eleitoral para resolver de vez esse problema de regularização.

Outras pendências com a Justiça Eleitoral podem ser quitadas, mas outros documentos poderão ser solicitados, conforme a irregularidade.

Gilmar Penter
Fotógrafo, ator e comunicador é apaixonado pelas artes e pela aventura que é a vida. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

Comente