Início » Dúvidas » Como consultar o local de votação em 2020 – Passo a Passo

Como consultar o local de votação em 2020 – Passo a Passo

A cada dois anos os brasileiros precisam exercer o seu maior direito como cidadão: o de votar. É o momento de escolher com sabedoria aqueles que irão nos representar durante algum tempo na questão política do município, estado e também do país.

Chegou o momento da eleição e não se lembra qual é o local que você deverá ir para votar? Hoje te ensinaremos como realizar essa consulta, quais são os documentos necessários para executar essa ação e muito mais. Leia mais abaixo e fique por dentro.

Como consultar local de votação?

  1. Acesse o site oficial do TSE, que é http://www.tse.jus.br/ ;
  2. Agora, role a página até encontrar a categoria “Serviços ao eleitor”, lá você verá a opção “Local de votação”, clique ali;
    Como consultar local de votação?
  3. Uma aba aparecerá na mesma página, você precisa preencher as informações com seu nome, número do título de eleitor ou se CPF, além do nome da mãe (caso não possua, basta clicar na opção “Não consta”), sua data de nascimento, então, selecione a opção “Não sou um robô”, clicando na opção “Consultar”;
    Como consultar local de votação?
  4. Na nova página você terá acesso ao seu local de votação, além de saber quando será a próxima votação que deverá exercer sua obrigação de votar.

Agora que você já sabe como consultar qual é o seu local de votação, fica muito mais fácil de não perder essa ação e contribuir para o desenvolvimento do país votando em candidatos responsáveis.

O que acontece se eu não votar?

Além de ser uma das maiores ações dos brasileiros de executarem seu direito e escolherem seus representantes na política, votar é obrigatório em nosso país. Do contrário, existem algumas consequências para quem não vota e também não justifica essa ausência, veja abaixo quais são elas:

Consultar local de votação
  • Não é possível se inscrever em concursos ou provas para cargos de destinação pública. É importante destacar que caso tenha passado em algum concurso público, não poderá realizar a inscrição caso esteja irregular;
  • Além disso, se você possui um cargo público e está irregular em sua condição de votar, não poderá receber vencimentos, salários, além de não poder exercer algumas ações relacionadas ao mesmo;
  • Não é possível tirar passaporte ou carteira de identidade;
  • Não conseguirá renovar sua matrícula em estabelecimentos oficiais ou aqueles que são fiscalizados pelo governo;
  • Estará impedido de conseguir empréstimos em estabelecimentos de crédito que são organizados pelo governo, seja em autarquias, locais com economia mista e institutos e caixas com previdência social;
  • Não há a possibilidade de participar de uma concorrência pública ou administrativa, seja da União, dos Estados, do Distrito Federal, de municípios e suas autarquias;
  • Não é possível executar qualquer ação que necessite de quitação do serviço militar ou do Imposto de Renda;
  • Não se receberá a certidão de quitação eleitoral;
  • Além de que não será possível obter documentos de repartições diplomáticas que estejam subordinados.

É importante destacar que caso o eleitor deixe de votar por três vezes consecutivas ou de realizar a sua justificativa fora das urnas, terá seu título de eleição cancelado.

A importância do voto

É muito comum as pessoas se perguntarem qual é a grande importância do voto, porque é tão necessário e até mesmo obrigatório em todo território nacional. Veja abaixo alguns dos motivos:

  • Exercício de democracia: ao votar, você exerce o seu direito de escolher entre diferentes opções de candidatos;
  • Chance de mudança: é por meio do seu voto que poderá eleger um representante diferente, novo e com propostas que fujam daquilo que está cansado, por isso é tão importante votar com consciência;
  • Formação de cidadãos: ao se interessar por política, é normal que se estude mais sobre os acontecimentos diários, além de tudo aquilo que já aconteceu em nosso país, desenvolvendo uma maior consciência diante dos fatos.

O voto deve ser feito de maneira pensada e consciente, dessa maneira, é preciso estudar bem o histórico do candidato do qual possui intenção de voto, além de entender mais sobre o partido político e também aqueles coligados, somente assim será possível ter a plena certeza de que se está fazendo a escolha mais adequada para seu município, cidade, estado e país.

Comente