Início » Apuração » Contagem de Votos – Como funciona? Tipos e Urna Eletrônica

Contagem de Votos – Como funciona? Tipos e Urna Eletrônica

A cada dois anos devemos executar nosso maior poder como cidadão: o de votar. É comum ouvirmos sobre a sabotagem dos resultados, porém, você já se perguntou como são contabilizados realmente os votos?

Veja aqui como funciona a contagem de votos, quais são os métodos utilizados, sistema e demais informações para que possa entender o assunto por completo.

🗳️VEJA AQUI: Resultado das eleições 2020

Como funciona a contagem de votos?

Contagem de Votos: Como funciona? Tipos e Urna Eletrônica

Aqui no Brasil são adotados dois tipos de sistema de voto:

  • Majoritário: usado para a escolha do presidente da República, governador, prefeito e seus vices, senador e também seus suplentes;
  • Proporcional: usado para a escolha dos deputados federais, estaduais, distritais e os vereadores.

O voto majoritário elege os candidatos que tiveram a maior quantidade de votos, sendo assim conhecido como o mais simples, basta escolher o candidato e votar nominalmente.

Na eleição do presidente da República, de governador e prefeitos, e também para os municípios com mais de 200 mil eleitores, é feito o segundo turno caso nenhum candidato consiga a maioria absoluta, ou seja, mais de 50% dos votos, não considerando os brancos e nulos.

Em outros casos, como senadores e prefeitos de municípios com menos de 200 mil eleitores são eleitos os candidatos com maior quantidade de votos.

É preciso que o eleitor avalie bem em quem está votando, indo além e verificando o partido, mais sobre a coligação, a plataforma do governo, ideologia e muitas outras questões. Junto com o candidato há o vice, suplentes e outros envolvidos.

Já o proporcional é um pouco mais difícil de entender: o eleitor escolhe seu candidato por entre aqueles de um determinado partido político ou coligação. Essas coligações possuem uma lista única com o nome de todos os candidatos que formam o partido.

Então, os eleitores que votam na legenda do partido dão seus votos para a coligação, dessa forma, o cálculo do quociente eleitoral é realizado de acordo com todos os votos que são recebidos pelos candidatos e partidos da coligação.

Essa contagem de votos proporcional é feita em algumas fases, primeiro: é feito o cálculo eleitoral, depois, se faz a repartição dos restos eleitorais.

Então, aquele partido ou coligação que conseguiu ter um número mínimo de votos possui o direito de uma vaga na casa legislativa. Isso explica porque às vezes ter o maior número de votos não é o suficiente para ser eleito, visto que não se há a quantidade mínima de votos por dentre o partido que se pertence.

Esse número mínimo dos votos é obtido por um cálculo de quociente eleitoral, que acontece pela divisão do número total de votos válidos pela quantidade de vagas que precisam ser preenchidas pela Casa Legislativa. É ignorado o resultado obtido com valor abaixo de 0,5, valendo apenas o valor da fração maior que 0,5.

Essa quantidade de vagas que são obtidas por partido ou coligação pode mudar de acordo com o número de vezes em que se ultrapassa o valor do quociente eleitoral. O número de vezes é válido de acordo com o cálculo do quociente partidário, que acontece conforme a quantidade de votos do quociente eleitoral, desprezando a fração.

Assim, o partido ou coligação que não tem votos em quantidade maior ao quociente eleitoral, não será representado naCasa Eleitoral. Dessa forma, se representa uma cláusula de barreira ao se limitar o acesso à Casa Legislativa aos partidos e coligações que não atingiram o número mínimo.

Caso nenhum partido/coligação atinja o valor mínimo do quociente eleitoral, é usado a fórmula do princípio majoritário, que daí são escolhidos os candidatos que obtiveram mais votos.

Urnas eletrônicas

Contagem de Votos: Como funciona? Tipos e Urna Eletrônica

Quando acontecem as votações, é comum que algumas horas depois os brasileiros já saibam quais são os resultados, sendo que não é necessário fazer o recolhimento das urnas para que a contagem de votos seja realizada, visto que todos os dados são transmitidos online por meio de uma rede privada da Justiça Eleitoral.

Após o fim do período eleitoral, os computadores dentro de cada urna fazem a apuração dos votos e produzem um arquivo conhecido como Registro Digital de Voto, do qual é colocado em pendrive chamado de memória de resultado,  que é levado até o local do qual possui acesso à rede privada da justiça eleitoral.

Dessa forma, fica muito mais fácil, seguro e simples de realizar a contagem dos votos.

Comente