Início » Partidos Políticos » Partido Novo – História, Ideologia e Lista de candidatos

Partido Novo – História, Ideologia e Lista de candidatos

O Novo foi criado por um grupo de cidadãos com uma mesma e nova visão de partido.

Nenhuma dessas pessoas já havia se candidatado antes. Alguns dos objetivos deles são a maior autonomia e liberdade do cidadão, a diminuição das áreas de atuação do Estado, a redução da carga tributária e o aumento na qualidade dos serviços importantes, como saúde, segurança e educação.

Devido ao fato de terem mesma visão decidiram criar o Partido Novo.

 História do Partido Novo

O Partido Novo (NOVO) é um partido político brasileiro de direita com suas ideias aliadas ao liberalismo econômico. O Partido foi fundado em 2011, composto por 181 pessoas sem carreira política, teve seu registro concedido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 15 de Setembro de 2015 e seu número eleitoral é 30.

Para se criar um partido seguindo a lei partidária-eleitoral do Brasil era preciso cumprir três etapas:

  • Realizar uma assembleia de fundação com representantes de pelo menos nove Estados da federação.
  • Recolher pelo menos 500 mil assinaturas de apoiadores, certificando-as nos cartórios eleitorais.
  • Entregá-las no Tribunal Superior Eleitoral para registro do partido.

E assim foi feito. Em fevereiro de 2011, reuniram-se 181 pessoas no Rio de Janeiro para a assembleia de fundação. A maioria absoluta de profissionais liberais: engenheiros, médicos, administradores, advogados, professores, funcionários de empresas privadas e empreendedores.

Em sua primeira eleição, em 2016, foram elegidos quatro vereadores, em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, e Belo Horizonte. Para as eleições de 2018 houve 409 candidatos em 18 estados e no Distrito Federal, elegendo 11 deputados estaduais, 1 distrital, e 8 federais no primeiro turno. Na candidatura à presidência, João Amoêdo ficou com quase 3% dos votos válidos, atrás de Geraldo Alckmin e à frente de Marina Silva e Henrique Meirelles. O atual ministro do meio ambiente do Brasil, Ricardo Salles, é membro do partido.

Ideais do Partido Novo

O Partido Novo acredita na necessidade de uma reforma política através das vias institucionais. É preciso a construção de um caminho seguro e sem interrupções institucionais, através da formatação de um processo legislativo constituinte autônomo e exclusivo, que permita a discussão sobre o tema em um ambiente menos permeável aos interesses diretos da classe política tradicional.

Também tem como objetivo manter-se através de doações e contribuição dos filiados, sem utilizar o dinheiro público, propor melhoria na vida das pessoas, através de um Estado Democrático que defenda as liberdades individuais, incentive o empreendedorismo, a concorrência, a ação do cidadão na vida política e tenha suas melhorias focadas nas áreas de educação básica, segurança, saúde, infraestrutura e preservação da moeda.

O partido também defende:

  • Na política: Fundo partidário, coligações, voto distrital, reforma tributária;
  • Na economia e emprego: Reforma da previdência, reforma trabalhista, privatizações, subsídios e isenções fiscais;
  • Na educação: Universidades públicas, doutrinação nas escolas
  • Na segurança: Estatuto do desarmamento;
  • Outros posicionamentos: União civil entre pessoas do mesmo sexo, aborto e legalização de drogas e política de cotas.

Diretório nacional – partido novo

  • João Amoêdo Presidente;
  • Ricardo Taboaço – Vice-Presidente;
  • Guilherme Enck – Secretário Nacional Administrativo;
  • Maria Parizotto – Secretário Nacional de Assuntos Institucionais e Legais;
  • Moisés Jardim – Secretário Nacional de Finanças;
  • Eduardo Ribeiro – Secretário Adjunto;
  • Patricia Vianna – Secretária Adjunta.

Lista de candidatos eleitos do Partido Novo

  • Vereadores

Felipe Camozzato – Rio Grande do Sul

Janaína Lima – São Paulo

Leandro Lyra – Rio de Janeiro

Mateus Simões – Minas Gerais

  • Deputados Estaduais

Alexandre Freitas – Rio de Janeiro

Bartô – Minas Gerais

Chicão Bulhões – Rio de Janeiro

Daniel José – São Paulo

Fábio Ostermann – Rio Grande Sul

Giusepee Riesgo – Rio Grande do Sul

Guilherme da Cunha – Minas Gerais

Heni Ozi Cukier – São Paulo

Laura Serrano – Minas Gerais

Ricardo Mellão – Minas Gerais

Sérgio Vitor – São Paulo

  • Deputados Federais

Adriana Ventura – São Paulo

Alexis – São Paulo

Gilson Marques Santa Catarina

Leandro Lyra – Rio de Janeiro

Lucas Gonzalez – Minas Gerais

Marcel Van Hatten – Rio Grande do Sul

Paulo Ganime – Rio de Janeiro

Tiago Mitraud – Minas Gerais

Vinicius Poit – São Paulo

  • Governador

Romeu Zema – Minas Gerais

Como filiar-se ao partido novo?

  • Informe seu CPF;
  • Preencha o formulário e valide seu e-mail;
  • Escolha entre a contribuição mínima mensal de R$ 29,80, anual de R$ 357,60 ou qualquer valor acima do mínimo que quiser contribuir;
  • É necessário que seja realizado o pagamento de sua filiação para que seu pedido seja analisado. Essa análise pode levar até 5 dias úteis após a confirmação do seu pagamento;
  • Você estará efetivamente filiado ao NOVO é só aguardar o e-mail com a confirmação da filiação. Você pode acompanhar o processo pelo site.

 

Gilmar Penter
Fotógrafo, ator e comunicador é apaixonado pelas artes e pela aventura que é a vida. Nas palavras, vê uma chance de mudar o mundo, mesmo que para isso tenha que vir até ele, afinal, passa muito mais tempo no mundo da lua.

Comente