Início » Partidos Políticos » PV (Partido Verde) – História, Ideologia e Lideranças

PV (Partido Verde) – História, Ideologia e Lideranças

O Partido Verde (PV) é um partido político brasileiro, alinhado ao centro do espectro político, cujas cores são o verde e o branco e o número eleitoral é o 43.

Fundado em 1986, e atualmente presidido por José Luiz Penna, o Partido Verde é o sétimo maior partido político brasileiro, com 375.915 filiados. Suas principais ideologias são o ambientalismo, o ecologismo e a social democracia – tanto é que costuma ter bom alinhamento de pautas com o Democratas (DEM). 

História do Partido

Partido VerdeO Partido Verde não é totalmente de origem brasileira. Ele surgiu inicialmente na Tasmânia Austrália, por meio de uma reunião de ecologistas, em 1972, com o objetivo de defender a preservação do Lake Pedder, que estava em risco de transbordamento.

Com o tempo, o Partido Verde foi levado para outros países, chegando na Europa ainda na década de 70, onde se consolidou como partido político. Em 1982, há a primeira aparição do partido no Brasil, mais especificamente no Paraná.

Em 1986, o Partido Verde foi oficialmente criado no Brasil, no estado do Rio de Janeiro, não lançando candidato à presidência na época, mas concorrendo em algumas localidades, inclusive lançando Fernando Gabeira, então líder do PV, como candidato ao governo do Rio de Janeiro, ficando em terceiro lugar.

Expansão

O PV logo se expandiu para todo o Brasil. Em 1987, o PV foi organizado em São Paulo e Minas Gerais, avançando para o norte e nordeste.

Após a ECO-92, fundou-se a Federação do Partidos Verdes, na Cidade do México, com o intuito de organizar e promover a colaboração mútua entre os verdes espalhados pelo mundo.

Ainda no início da década de 1990, o Partido Verde teve participação no incentivo e no pedido de impeachment de Fernando Collor de Mello, então presidente do Brasil, devido a envolvimentos de corrupção.

Na década de 90, o PV elegeria uma série de deputados federais, estaduais, prefeitos etc. Em 2003, Gilberto Gil, filiado ao Partido Verde, é indicado ao Ministério da Cultura pelo então presidente, Luís Inácio Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores.

Eleições de 2010, 2014 e 2018

Nas eleições de 2010, o Partido Verde bateu seu recorde de votos, atingindo 20% dos votos válidos para a Presidência da República com a então candidata Marina Silva. Já em 2014, o PV lançou como candidato à presidência Eduardo Jorge.

Em 2018, o PV não lançou candidato à presidência, preferindo coligar-se com a REDE e apoiar também a candidatura de Marina Silva.

Ideologia do Partido Verde

  • Defende o meio-ambiente, o desenvolvimento sustentável e a reforma agrária ecológica;
  • Defende a diminuição da desigualdade social e econômica;
  • Defende o pacifismo, o federalismo, a democracia direta, por meio do sufrágio universal e o pluripartidarismo;
  • Defende a separação dos poderes e a subordinação das Forças Armadas ao Poder Civil;
  • Defende a democratização da mídia;
  • Defende a legalização do casamento homossexual;
  • Defende a legalização do aborto e a discriminação das drogas.

Dados atuais do PV

Partido Verde

  • Espectro político:Centro.
  • Ideologia: Ambientalismo, ecologismo, social democracia.
  • Presidente:José Luiz Penna.
  • Membros: 375.915 filiados.
  • Cores:  Verde e branco.
  • Número eleitoral: 43.

Lideranças do partido

Deputados Federais

  • Célio Studart – Ceará
  • Enrico Misasi – São Paulo
  • Leandre Dal Ponte – Paraná
  • Professor Israel Batista – Distrito Federal
  • Daniella Ribeiro – Paraíba;
  • Mailza Gomes – Acre.

Além disso, são marcas do partido:

  • 101 prefeitos;
  • 27 deputados estaduais;
  • 519 vereadores.

Rafaela Trevisan Cortes
Rafaela Trevisan Cortes, jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Revoltada por natureza, vê na comunicação uma oportunidade de extravasar a sua paixão por curiosidades, arte e conhecimento.

Comente